Guilherme e Santiago – Alô Meu Povo – Peão Não Chora

Guilherme e Santiago - Alô Meu Povo - Peão Não Chora

Guilherme e Santiago – Alô Meu Povo – Peão Não Chora

Letra:

Alô, meu povo, vai começar de novo
É cavalo pulando, é touro rodando
Na arquibancada a galera gritando
É cavalo pulando, é touro rodando
Na arquibancada a galera gritando
Iêêêê ôôôô

Quero o povo gritando
Isso faz bem pra alma
Sapateando e batendo palma
Todo mundo alegre é festa do peão
Aqui não tem lugar pra essa tal solidão

Eu só trouxe alegria e cheguei agora
Se tiver tristeza vou meter a espora
A poeira levanta vai subindo pro céu
O cavalo é valente e o touro é cruel

Lá na arquibancada o povo faz um tendel
Quero todos gritando balançando
o chapéu

Vou selar o meu cavalo
E calçar um par de espora
Peão que é peão não chora
Quebra tudo por paixão
Meu cavalo marchador
Sabe que pra tudo tem hora
Hoje a morena vai embora
Na garupa do alazão

Ninguém se mete na vida de um peão
Que tem no peito um coração apaixonado noite e dia

A saudade fere fundo
Sem piedade, ela judia
Distante do meu amor
Eu não posso ter alegria
Vou montar em meu cavalo e vou sumir na escuridão
Vou buscar minha morena,
Meu amor, minha paixão