Juliano Cezar – Eu Lambi o Chão

Juliano Cezar - Eu Lambi o Chão

Juliano Cezar – Eu Lambi o Chão

Letra:

Eu bebi demais, passei dos limites
Dei vexame, dei vexame

E a culpada é ela que me desprezou
No dia do aniversário do nosso namoro
Por outro ela me trocou

Então sai de bar em bar, enchendo a cara
E não há remédio, nem nada que faça
Com que essa doença sare

Eu só sei que estou de mal a pior
E eu me vendo naquela situação
Um vídeo rolando de um bêbado lambendo o chão

Eu lambi o chão, eu lambi o chão
Por causa daquela mulher eu bebi demais
Eu lambi o chão
Eu lambi o chão, eu lambi o chão
Passei por esse vexame
Eu nunca sofri tanta humilhação

Então sai de bar em bar, enchendo a cara
E não há remédio, nem nada que faça
Com que essa doença sare

Eu só sei que estou de mal a pior
E eu me vendo naquela situação
Um vídeo rolando de um bêbado lambendo o chão

Eu bebi demais, passei dos limites
Dei vexame, dei vexame

E a culpada é ela que me desprezou
No dia do aniversário do nosso namoro
Por outro ela me trocou

Então sai de bar em bar, enchendo a cara
E não há remédio, nem nada que faça
Com que essa doença sare

Eu só sei que estou de mal a pior
E eu me vendo naquela situação
Um vídeo rolando de um bêbado lambendo o chão

Eu lambi o chão, eu lambi o chão
Por causa daquela mulher eu bebi demais
Eu lambi o chão
Eu lambi o chão, eu lambi o chão
Passei por esse vexame
Eu nunca sofri tanta humilhação

Então sai de bar em bar, enchendo a cara