Mayck e Lyan – Falei Tá Falado

Mayck e Lyan - Falei Tá Falado

Mayck e Lyan – Falei Tá Falado

Letra:

Truquei e já tá trucado
Falei e já tá falado
Não aceito bronca de sogra
Nem conversa de cunhado
Aqui o sistema é bruto
Feito estouro de boiada
To no Jeitão da Madeira
Prego batido e ponta virada.

Sai do mato veiaco
Sai da toca tatu
Sai do cacho abeia
Sai da carniça urubu
Cavuca aqui não boi véio
Aqui cê tromba no farpado
Aqui o chicote estrala
Nóis não guenta desaforo
Nóis tem vergonha na cara.

Truquei e já tá trucado
Falei e já tá falado
Não aceito bronca de sogra
Nem conversa de cunhado
Aqui o sistema é bruto
Feito estouro de boiada
To no Jeitão da Madeira
Prego batido e ponta virada.

Truquei e já tá trucado
Falei e já tá falado
Não aceito bronca de sogra
Nem conversa de cunhado
Aqui o sistema é bruto
Feito estouro de boiada
To no Jeitão da Madeira
Prego batido e ponta virada.

Sai do mato veiaco
Sai da toca tatu
Sai do cacho abeia
Sai da carniça urubu
Cavuca aqui não boi véio
Aqui cê tromba no farpado
Aqui o chicote estrala
Nóis não guenta desaforo
Nóis tem vergonha na cara.

Truquei e já tá trucado
Falei e já tá falado
Não aceito bronca de sogra
Nem conversa de cunhado
Aqui o sistema é bruto
Feito estouro de boiada
To no Jeitão da Madeira
Prego batido e ponta virada.

Truquei e já tá trucado
Falei e já tá falado
Não aceito bronca de sogra
Nem conversa de cunhado
Aqui o sistema é bruto
Feito estouro de boiada
To no Jeitão da Madeira
Prego batido e ponta virada.

Sai do mato veiaco
Sai da toca tatu
Sai do cacho abeia
Sai da carniça urubu
Cavuca aqui não boi véio
Aqui cê tromba no farpado
Aqui o chicote estrala